Madonna canta Don’t Cry For me Argentina e chama filha Mercy James ao palco em Miami

A Rebel Heart Tour fez a sua tão esperada apresentação em Miami (originalmente era cidade de estreia do show em setembro mas foi adiada para janeiro, quatro meses depois) e Madonna sentiu a diferença!

O público latino em peso lotou a arena e fez com que Madonna dissesse ser um de deus melhores shows, segundo ela mesma falou com a plateia. Aliás, Madonna estava extremamente falante e de ótimo humor, conversando com todos, fazendo piadas, o que resultou no show mais longo até então, 2h40 de diversão.

Foram várias surpresas durante a noite: cantou Don’t Cry for Me Argentina pela primeira vez nessa turnê. Após apresentar a bela La Vie En Rose, o rapper e DJ americano Khaled entrou no palco, uma música dele foi tocada com Madonna animada agitando o público. De brincadeira, a presenteou com jóias, dinheiro e ela cantou trecho de Diamond Are a Gilr’s Best Friend, além de trocarem vários elogios.

Em Unapologetic Bitch a filha Mercy James foi a escolhida para subir ao palco, já que no dia anterior foi o aniversário de dez anos. Madonna a presenteou com um bolinho e fez todos cantarem parabéns.

Após cantar o medley latino, fez a brincadeira de jogar as maracas para trás e o dançarino/a que não pegar levaria tapas na bunda. Quem errou foi o “rasta man”, mas Madonna decidiu castigar Marvin Gogin, que disse ser o dançarino mais diva. Com a ajuda da plateia, contou até três em espanhol e deu várias palmadas.

Antes de cantar Rebel Heart, Madonna falou sobre cada um de nós fazermos a diferença no mundo, que todos tem esse poder de mudar, basta começarmos com nossas próprias atitudes.

Em Material Girl, conversou muito com uma garota que pegou o buquê, dizendo que queria casar com ela, já que em sua vida só teve homens cuzões. rs

Confira os videos abaixo! Nesse domingo tem o segundo e último show na cidade e estaremos lá novamente.