Ex-dançarinos da Blond Ambition lançam documentário para contar as histórias em trabalhar com Madonna

Na década de 1990, sete jovens dançarinos foram selecionados para fazer parte da turnê mais controversa da Madonna, Blond Ambition, além de participarem do documentário Na Cama com Madonna, que conta os bastidores dessa jornada.

Auto-proclamada “mãe” dos seis dançarinos gays e mais um hétero, Madonna usou o filme para se posicionar sobre os direitos dos gays e da liberdade de expressão. Estrelado por Salim (Slam), Kevin Stea, Carlton Wilborn, Jose Gutierez, Luis Camacho, Gabriel Trupin e Oliver Crumes, o único dançarino hétero, eles se tornaram símbolos de orgulho, inspirando pessoas a se desafiarem a serem elas mesmas. Vinte e cinco anos depois, eles compartilham suas histórias de vida durante e depois da turnê através do documentário Strike a Pose.

Em 1992 três deles, Oliver, Kevin e Gabriel, entraram com um processo contra Madonna alegando invasão de privacidade durante as filmagens do documentário.

Dirigido por Ester Gould and Reijer Zwaan, o documentário é estrelado por Salim (Slam), Kevin Stea, Carlton Wilborn, Jose Gutierez, Luis Camacho, Gabriel Trupin e Oliver Crumes.

Strike a pose fez a estreia no festival de Berlim, em fevereiro e nesse mês, participou do festival Tribeca, nos Estados Unidos. O filme vai estrear nos cinemas na Alemanha no dia 26/Abril e está com o trailer oficial divulgado. Confira:

Strikeapose-film2

Strikeapose-film

Strikeapose-film4

Strikeapose-film5

Strikeapose-film3