Álbum EROTICA completa 24 anos

“Meu nome é Dita, serei sua amante esta noite e gostaria de lhe colocar em transe”.
Era com esse convite que Madonna, através de seu alter ego Dita, nos chamava a mergulhar nesse seu mundo. Um lugar do sexo, dos desejos, das fantasias, da libertação e, sem dúvidas, do amor.

Erotica foi o maior desafio da Madonna até então. Em seu quinto álbum de estúdio, ela nunca tinha ido tão longe. Incorporou todos os seus desejos e expôs para o mundo, trazendo ao universo pop o que nenhuma cantora até hoje fez. Com uma sonoridade nova conquistada através dos produtores Shep Pettibone and Andre Betts, Madonna falava também sobre um tema que era mais do que atual na época: AIDS, onde o preconceito e a falta de informação eram os maiores desafios.

Além disso, Madonna também lançaria no mercado o polêmico livro SEX, que retratava as aventuras sexuais de Dita, e o filme Corpo em Evidência, que também abusava do sexo. A crítica e o público não tiveram dúvidas: Madonna tinha ido longe demais.

No ano seguinte, Madonna retratou no palco toda a história do Erotica com a épica turnê The Girlie Show.

Erotica vendeu mais de 6 milhões de cópias. Relembre a fase conosco:

Qual a sua canção favorita do EROTICA?

Erotica0%
Fever0%
Bye Bye Baby0%
Deeper and Deeper0%
Where Life Begins0%
Bad Girl0%
Waiting0%
Thief of Hearts0%
Words0%
Rain0%
Why’s it so Hard0%
In This Life0%
Did You Do It?0%
Secret Garden0%


A foto inteira da capa do álbum!

EROTICA
Direção: Fabien Baron
Com seu dente de ouro, chicote e misteriosos jogos de sedução, Dita nos conduz ao seu mundo repleto de fantasias. O vídeo traz imagens feitas durante a criação do livro SEX.

DEEPER AND DEEPER
Direção: Bobby Woods
Vários enigmas e questões rondeiam esse vídeo. Estaria Madonna interpretando uma mulher descobrindo a noite e a sexualidade mas ao mesmo tempo lutando contra tabús famíliares e religiosos? Seria este um tributo à discoteca? Ou estaria Madonna flertando com assuntos demoníacos ligados a magia negra e sessões espíritas? Você decide!

BAD GIRL
Direção: David Fincher
Num excelente curta-metragem dirigido pelo mago do cinema David Fincher, retrata a história de um Anjo da Morte que volta no tempo e mostra o que acabou com a vida da executiva Louise Oriole: cigarros, álcool e promiscuidade. Obra prima!

FEVER
Direção: Stéphane Sednaoui
Uma regravação do sucesso de Peggy Lee, traz Madonna pintada de prateado numa sucessão de imagens que remetem ao calor e como uma Deusa Hindú.

RAIN
Direção: Mark Romanek
Num dos melhores vídeos já feitos por Madonna, Rain mostra os bastidores da gravação de um clipe. Parece simples, não? Mas com o toque de Mark Romanek, tornou-se mais uma obra-prima! E traz Madonna pela primeira vez morena de com cabelos negros.

BYE BYE BABY
Como último single lançado, trazia em seu vídeo promocional a performance feita para o The Girlie Show intercalada com outras imagens do show. Vestida de homem, Madonna, faz uma divertida sátira do mundo masculino ao tentar seduzir as bailarinas.

.
AO VIVO
EROTICA (The Girlie Show)

FEVER (The Girlie Show)

RAIN (The Girlie Show)

DEEPER AND DEEPER (The Girlie Show)

WHY’S IT SO HARD (The Girlie Show)

IN THIS LIFE (The Girlie Show)

Outras apresentações
BAD GIRL (Ao vivo no Saturday Night Live – 1993)

FEVER (Ao vivo no Saturday Night Live – 1993)

FEVER (Ao vivo no Arsenio Hall – 1993)

DEEPER AND DEEPER (Re Invention Tour – 2004)

EROTICA (confessions Tour 2006)

DEEPER AND DEEPER (Rebel Heart Tour 2015)