Sharon Stone sai em defesa da amiga Madonna

Uma suposta carta escrita por Madonna em 1990 ao ator John Echos (google) teria sido divulgada por uma ex-amiga da popstar, Darlene Lutz (google), em que ela falaria mal de Whitney Houston e Sharon Stone, chamando-as de “medíocres”. A carta vai a leilão pelo site Gotta Have Rock And Roll.

“…Eu irritei tantas pessoas que estou sendo punida e, basicamente, obrigada a ficar quieta e sentada num canto enquanto outras pessoas menos interessantes estão colhendo os benefícios do caminhos que eu abri. É muito frustrante ler que Whitney Houston tem a carreira musical que eu gostaria de ter e Sharon Stone tem a carreira de cinema que eu nunca vou ter. Não porque eu queira ser essas mulheres, porque eu preferiria morrer, mas elas são tão terrivelmente medíocres, e sempre são colocadas como modelo ideal de virtude e parâmetro de medida para me humilhar. Eu não acho que consigo jogar o jogo para ser aceita. Eu sou muito inteligente, tenho muito orgulho. Eu sinto como se não tivesse carreira, nem família, nada permanente ou tangível…”

Se é verdade ou não, jamais saberemos, mas com a repercussão nos sites de fofocas, a atriz Sharon Stone tratou de se manifestar em seu Instagram e saiu em defesa da Madonna:

“Querida @Madonna. Primeiro, eu acho um absurdo que qualquer um divulgue cartas pessoais. Então assim sendo, eu publico isso publicamente. Saiba que eu sou sua amiga. Eu desejei ser uma estrela do rock em alguns momentos privados … e me senti medíocre como você descreveu. Nós sabemos, como somente aqueles que sobreviveram há tanto tempo, que possuir nossa própria mediocridade é o único meio de possuir nossos próprios pontos fortes; Para nos tornar tudo o que ambas nos tornamos. Eu amo e adoro você; Não vou me deixar ser jogada contra você por qualquer invasor de nossas jornadas pessoais. Sharon”

Fim.

UPDATE: Madonna entrou na justiça para tentar barrar o leilão. Saiba mais