Carta e calcinha da Madonna para ex-namorado traficante vão a leilão

A ex-amiga e funcionária da Madonna, Darlene Lutz, vai leiloar diversos itens pessoais da popstar em breve. Muita coisa rara tem aparecido e já começam a ganhar as manchetes dos sites de fofocas. Primeiro foi a tal carta que Madonna escreveu a um amigo e que chamava Sharon Stone e Whitney Houston de medíocres (leia aqui o babado). Agora, uma outra carta, beemmmm passional, a um ex-namorado e que pouca gente conhecia (e que ela tinha acabado de conhecer).

.
A carta foi escrita no cartão pessoal da Madonna e enviou (ou tentou) junto com uma calcinha branca, flores, água benta, foto de seu cão e seu novo álbum, Bedtime Stories:

“Olá querido, eu estou te enviando um pacote de Amor e Sorte. Os girassóis trazem boa sorte e você deve sempre ter em sua casa. Tem também minha calcinha, como você pediu, água benta, por motivos óbvios e o meu novo álbum. Por favor, ouça-o quando estiver sozinho, preferencialmente com velas ao redor e sem interrupções. Eu sinto muito a sua falta mesmo que nos conheçamos a menos de uma semana, mas eu sinto que te conheço por centenas de anos. Tome cuidado e, por favor, me dê o seu passaporte, assim nós poderemos fugir juntos. Com amor, M.”

.
Trata-se de Peter Shue, que trabalhava nos Anos 90 como promoter de festas em Nova York. Maaaas também era traficante e ficou preso por vinte anos logo depois de namorar com a Madonna, em 1995.

Achamos uma entrevista dele feita em 2014 para a National Enquirer em que fala sobre o relacionamento e acusa Madonna de ter ajudado a prendê-lo e que ficou com raiva dela por anos e anos.

Peter Shue revelou que conheceu Madonna no verão de 1994 e que ela o prometeu a entrar nos negócios. “Eu queria que Madonna me deixasse ser legítimo no meio da música e cinema. Ela sempre me disse que iria me ajudar.”

Ele revelou segredos, como Madonna querer ter um filho dele: “Ela queria ter um bebê comigo mas eu não queria ter um filho com ela pois eu namorava outra garota na época.” Xiiiii

E eis que a tal namorada ficou sabendo do caso que ele tinha com Madonna e o forçou a acabar com tudo.

“Eu ia fazer uma participação no video de Secret e ela ia me pagar 100 mil dólares. Mas quando minha garota descobriu, tive que desistir de tudo”, falou Peter.

Segundo ele, Madonna ficou louca e teria colocado uma pessoa para investigar mais a sua vida. “Ela estava louca e colocou um informante atrás de mim”. E foi descoberto como traficante. “Eu era traficante, convivia nesse mundo, e nunca vi Madonna usar nada”, contou.

Ele foi pego pela polícia ao tentar comprar 13 kilos de cocaína de uma informante, Arlene Brickman (que teve sua vida retratada no filme “Mob Girl: A vida da mulher no submundo”), e que teria tido ajuda da Madonna.

Peter Shue foi preso e condenado a 25 anos de prisão e revelou que sempre pensou em dar uma lição na Madonna. “Desde o julgamento e na prisão eu só pensava em coisas ruins com ela. Mas o tempo passou e não guardo mais rancores”.

Hoje solto, Peter Shue lançou um livro e logo na capa há a chamada de que Madonna contou à informante de que ele era um traficante. Que história!

Abaixo as fotos.

UPDATE: Madonna entrou na justiça para tentar barrar o leilão. Saiba mais