EVERYBODY completa 35 anos de lançamento!

Há 35 anos era lançado oficialmente no mercado o primeiro single de uma cantora chamada Madonna, no dia 06 de outubro de 1982. Everybody logo começou a fazer sucesso nas “discotecas” da época num ritmo funkeado que era um delicioso convite para a pista. Mas sua história veio antes disso.

Recém chegada em Nova York e depois de ter uma banda que tocava um som mais pesado (Madonna chegou a ser baterista!), ela gravou uma “fita” demo contendo diversas músicas de autoria própria, como Everybody, Ain’t No Big Deal, Don’t You Know e Stay. Madonna distribuía essa fita na noite novaiorquina a amigos DJs e pessoas da área da música.

Depois de muito custo, seu amigo DJ Mark Kamins tocou certa vez Everybody na pista e o sucesso foi instantâneo. Com contato na gravadora Sire Records, ele conseguiu que o presidente da companhia, Seymor Stein, ouvisse a canção. Ele gostou e assinou contrato com Madonna para lançar dois singles, por 5 mil dólares, e o próprio DJ Mark Kamins iria produzir Everybody para o lançamento. Curiosamente, a canção escolhida para o primeiro single seria Ain’t no Big Deal, e Everybody seria apenas o lado-B do single, mas por discussão entre os produtores, decidiram inverter e assim Everybody foi oficialmente lançado como single.

Com o sucesso nas pistas, ninguém sabia quem era a pessoa que cantava Everybody e a capa do single não exibia imagem da cantora: era uma estratégia da gravadora e o público imaginava que uma negra que cantava a canção. Madonna que pediu ap presidente que gravasse um video-clipe para a música, fazendo assim as pessoas conhecerem a tal desconhecida cantora Madonna. Ela então chamou o presidente da gravadora e Michael Rosenblatt, que cuidava da parte artística, para assistirem sua primeira performance ao vivo e a estreia “nos palcos” oficialmente como cantora e foi a primeira vez que Madonna apresentava a música para uma plateia. O local era um club chamado Danceteria e a casa estava lotada. Madonna apresentou Everybody com três dançarinos e já de cara chamou atenção pela teatralidade e seu visual descolado para a época. Os executivos adoraram tudo o que viram e resolveram gravar um video para promover a música.

A verba liberada para produção do clipe foi de apenas 1500 dólares e um amigo de Rosenblatt que dirigiu o material, numa danceteria gay da época chamada Paradise Garage. Madonna chamou sua amiga Debi Mazaar para fazer a maquiagem além de dois dançarinos, Erika Belle e Bags Rilez. Com o material finalizado, foi distribuído na noite de Nova York e assim a imagem de Madonna começou a ser associada a canção Everybody. Seu visual rebelde começou a ser notado e começou a se apresentar em diversos programas nos Estados Unidos e Europa.

Foram lançados no mercado a versão 12 e 7 polegadas em vinyl de Everybody nos Estados Unidos e alguns países da Europa. O sucesso da música fez com que vendesse 250 mil cópias. Na Billboard, a canção chegou ao terceiro lugar na parada Dance mas não chegou a entrar na para principal de singles.

À partir daí, Madonna teve cada vez mais notoriedade e seu sucesso resultou na gravação do primeiro álbum, Madonna, lançado em 1983. Everybody acabou sendo incluída nas turnês The Virgin Tour, The Girlie Show, além de um show promocional do Confessions on a Dance floor e ensaiada para a Sticky & Sweet Tour.

Na recente Rebel Heart Tour, Madonna incluiu Everybody durante o medley que contém também Dress You Up, Into the Groove e Lucky Star, porém cantou só no primeiro e segundo show em Montreal, removendo a canção nos shows seguintes.

Acompanhe aqui alguns momentos de Everybody:

A primeira apresentação ao vivo!

O video-clipe oficial!

A capa do single, sem Madonna!

.
Apresentações ao vivo!

RAI UNO – ITÁLIA

DANCIN’ ON AIR – ESTADOS UNIDOS

<
ROXY – ESTADOS UNIDOS

.
Turnês

THE VIRGIN TOUR

THE GIRLIE TOUR – AUSTRALIA

CONFESSIONS PROMO TOUR – LONDRES

MDNA TOUR – SAN JOSE
Madonna cantou sua canção no show que fez em San Jose no dia em comemoração ao lançamento de Everybody!

REBEL HEART TOUR – Montreal

anuncio2