Entrevista ao programa 'Absolute Madonna', especial da TV RTL


Entrevista do programa 'Absolute Madonna', onde foram cantadas 'American Life', 'Hollywood' e 'Music'. Madonna falou por 20 minutos para o apresentador Oliver Geissen. Prestem atenção na 'Sindrome Gabi', que fez dessa uma entrevista que merece entrar para a história como uma das piores que já fizeram com a Madonna.

OG = Oliver Geissen / M = Madonna

OG: Olá Madonna, como vai?
M: Olá. [o público aplaude por alguns minutos, Madonna manda um beijo para o público]

OG: De onde você vem?
M: Venho do meu camarim...

OG: Queria dizer de qual lugar você está vindo, Londres ou Nova York?
M: Venho de Londres, de uma das minhas casas...

OG: Sei, e você vive em Londres e Nova York. Onde é o centro para você?
M: O centro da minha vida é onde minha família está.

OG: E onde sua família passa mais tempo?
M: Minha família me acompanha por todos os lugares...

OG: Os compositores falam que 'American Life' é seu álbum mais pessoal e honesto. Você diria o mesmo?
M: Posso dizer que está mais próximo da forma como me sinto agora

OG: Tem que ser muito ambicioso para fazer algo do gênero quando está no topo, como você. Você tem 7 irmãos, você sempre foi ambiciosa? Disputava atenção com seus irmãos?
M: [pensa um pouco] Para falar a verdade todo mundo na minha família sempre foi ligado a música. Como não tinha talento pra nenhum instrumento eu decidi ter aulas de dança, mas de alguma forma eu terminei no ramo da música. Isso é bizarro. Nunca quis ser uma cantora.

OG: E como isso aconteceu?
M: Não sei... eu queria ser dançarina, esse era meu sonho.

OG: Você sempre vê seus irmãos e irmãs, você liga pra eles e fica em família durante o Natal?
M: Minha família vive em vários lugares. Sou muito próxima de alguns dos meus irmãos e irmãs. Somos muitos. Éramos 8 crianças e todos com grandes personalidades.

OG: Comparando o presente com o passado: Qual foi a importância da fama para você quando começou sua carreira e qual é o significado agora?
M: [Arrancando do ouvido o ponto-eletrônico da tradução] Hey galera, vocês sabiam que tem um tradutor falando no meu ouvido? Tenho que responder somente quando ele termina de traduzir a pergunta pra mim [espera o tradutor terminar de falar] Quando comecei não pensava em ser famosa na forma mais ampla da palavra. Tudo que queria era gravar meu disco e que as minhas músicas tocassem no rádio. A fama apenas aconteceu. Não tinha idéia do que seria de mim. E agora meu ponto de vista sobre a fama é o seguinte: o que eu queria dizer mesmo? [risos] não é importante pensar nisso. Sinto dizer, mas as pessoas estão consumidas pela idéia de serem famosas mas esse não é o ponto. É mais importante ser uma boa pessoa [alguém da audiência grita: "e você é!"]. Obrigada!

OG: O que faz exatamente quando grava um álbum? Qual o seu trabalho? O que fazem os produtores? É a Madonna que faz tudo 100%?
M: Parece que você fez 20 perguntas? Okay, uma pergunta de cada vez... Qual era a primeira?

OG: O que você faz exatamente quando grava um álbum?
M: Minha parte quando estou fazendo um disco é... basicamente tudo. Eu colaboro com diferenes músicos, estou envolvida na produção
faço as coisas desde o começo até o final, na masterização. Me envolvo no marketing, na direção de arte e até mesmo nas fotos promocionais. Em todos os aspectos.

OG: E você é mãe de duas crianças!
M: [Acena com a cabeça] E esse é apenas um dos meus empregos!

OG: Obviamente você está fazendo um ótimo trabalho. Como consegue desempenhar tão bem todos esses trabalhos?
M: Tenho um dia muito organizado. Sou muito disciplinada, e não durmo muito...

OG: Como você conheceu seu marido, Guy Ritchie?
M: Eu o conheci durante um almoço na casa de amigos. Ele estava sentado perto de mim.

OG: Quem conversou primeiro com quem?
M: Ehr... Eu realmente não lembro, mas ele beliscou comida do meu prato - eu lembro disso! Eu acho que ele falou comigo primeiro. Ele estava muito confiante e foi por isso que eu gostei nele.

OG: É preciso ser confiante para te desperter interesse, especialmente quando se é homem?
M: Duh! Eu acho que confiança é definitivamente uma característica que todos deveriam ter quando me conhecem [claramente ironizando o apresentador]. Mas falo isso a respeito de todos, não apenas dos homens.

OG: Como é um dia normal que os Ritchie gostam de ter? Quem acorda primeiro para comer os croissants? Ou seria queijo fresco ou linguiças?
M: Não temos queijo nem linguiça em casa.

OG: Sério?
M: Temos uma cozinheira, uma cozinheira macrobiótica, na verdade. As vezes eu a engano e como batata frita..

OG: Quem mora na sua casa?
M: Meu marido, meus filhos, minha babá, meu cozinheiro, meu vigia e o caseiro.

OG: Um grupo bem agradável...
M: Yeah, é uma multidão enorme! Por isso que gosto de vir a programas de televisão, porque tem muita gente na minha casa. [novamente irônica, Madonna olha para Oliver Geissen e percebe que ele lê as perguntas em cartões] Sprechen sie Deutsch? [ela conta de 1 a 10 em alemão perfeito] Eins-Zwei-Drei-Vier-Funf-Sechs-Sieben-Acht-Neun-Zehn! [a audiência aplaude e faz barulho entusiasmada]


OG:
Sua filha Lola entende o trabalho especial que a mãe dela desempenha?
M: Eu acho que minha filha entende que eu trabalho no palco, definitivamente. Agora eu não acho que ela pense que é uma profissão especial. Sou somente a mãe dela. Essa é a coisa mais importante e claro que espero que ela pense qu sou uma boa mãe.

OG: Eu também tenho 2 filhos. Você é uma mãe severa?
M: Sim.

OG: Você conversa com Guy quando ele passeia com seus filhos ou somente com a babá?
M: Falo com meu marido.

OG: Como isso funciona com as crianças? É complicado?
M: Bem, como você pode imaginar, meus filhos são muito complicados e nem um pouco fáceis de lidar...

OG: O público da internet escolheu a sua canção favorita, e 'Like A Prayer' foi a mais votada...
M: Eu amo essa música. Foi engraçado porque eu cantei 'Like A Prayer' em um programa de TV alguns dias atrás e eu não cantava essa música há 13 anos! Foi uma coincidência muito engraçada...

OG: Você tem uma música sua favorita?
M: Claro, sempre tenho uma música favorita em cada álbum. Nesse a minha preferida é 'X-Static Process'.

OG: Você tem muitas influências musicais?
M: Na verdade existem pessoas que são exemplos para mim, não necessariamente na música. Elas são professores, escritores e pessoas que não são necessariamente famosas.

OG: Você estudou em uma escola católica.
M: Sim.

OG: Foi uma boa experiência?
M: Sim, eu tenho boas lembranças. Eu amava meus professores;

OG: Existe uma controvérsia com o clipe de 'Like A Prayer'. Você conhece a história. Não preciso te contar novamente. O Papa não gostou do vídeo e Madonna não pode se apresentar na Itália. O que você acha? Você ficou magoada ou achou que estava tudo bem?
M: [Madonna boceja de forma teatral pensa um pouco antes de responder] Eu preciso escolher minhas palavras com sabedoria! Na verdade é legal saber que o Papa não gostou do meu trabalho. Encarei isso como um elogio.

Nesse momento há um segmento enorme cortado da entrevista original. Madonna continua falando sobre o Papa com Oliver Geissen, dizendo que adoraria conversar com o Papa sobre os problemas no mundo e que gostaria de mudar o ponto de vista dele sobre alguns dogmas. Ela surpreende dizendo que preferia estar com o Papa ao invés de estar com Oliver Geissen e lhe pergunta se ele acreditar em Deus e ele responde um rápido "Não" que deixa Madonna surpreendentemente atordoada. Nesse momento, Madonna que já não estava muito aberta, perde o interesse em continuar com a entrevista.

M: O que é isso [se referindo ao terno do apresentador] É Gucci? O que é isso? É da Alemanha?
OG: [olha para a etiqueta dentro da roupa] Oooohhhhhh! Oh não, eu gosto de Dolce & Gabbana, eles estão certos.

OG: Mas seu livro SEX, lançado em 1992...
M: [saindo do assunto] você consegue encostar no dedo dos seus pés?

OG: Meus pés? Okay, mas você tem que me ajudar com isso aqui [segura o microfone dele e o dela e levanta para tentar encostar no dedo dos pés] Eu tento, eu tento.
M: Se estica pra baixo. Wow!

OG: Você consegue?
M: Claro... vem cá! [levanta e toca nos seus pés mesmo estando de sapatos altos]

OG: Mostrei para você algo que não consigo fazer. [batendo palmas, a platéia ri]
M: Como sou cruel... não podia ter feito isso [risos]

OG: Novamente outra pergunta sobre o SEX...
M: Cara, você está obcecado por sexo...!

OG: Foi um problema para você fazer as fotos, em especial as de sadomasoquismo? Era uma novidade para você tudo aquilo?
M: Eu adorei fazer todas elas.

OG: Alguém se machucou fazendo as fotos?
M: Quando estava pelada na rua, um cara bateu quando avançou o sinal ao me ver [risos]

OG: Bom, tenho certeza que ele disse para si mesmo que valia a pena. Muito obrigado foi uma noite muito agradável e tenho o prazer de poder ouvir duas novas músicas. Aqui está Madonna para vocês, no palco. Lá vem ela com 'Hollywood'...