rádio b96 - chicago

Madonna ligou para a rádio americana B96 de Chicago, onde falou por 10 minutos direto da cozinha da casa dela em Londres enquanto comia bife e sobremesa! Ela conversou sobre como começou a trabalhar com Justin e Timbaland, sobre uma provável turnê e o que fez ela se irritar durante a gravação do disco.

Clique aqui para baixar o bate-papo e leia a entrevista abaixo, com exclusividade:
Alô, quem fala?
M: Com quem você acha que está falando?

É a Madonna?
M: Hmmm hmmm....

A ligação não está muito boa mas acho que é porque você está em Londres...
M: Tem um ruído na ligação, o podemos fazer?

Eu não sei. Estou acostumado com barulhos, Madonna...
M: É mesmo?

Alô, direto de Chicago!
M: Alôooo...

Como vai?
M: Tá na hora de acordar...

Você vai falar com a gente com sotaque britânico já que você mora em Londres?
M: (falando com sotaque) Alô...

Você está em casa?
M: (falando sobre o barulho) Eu acho que a gente não vai se livrar disso.... Vamos falar alto e tentar parecer interessantes assim ninguém vai perceber...

(risos) Não conto pra ninguém se você não contar.... Temos um segredo! Nós acabamos de tocar "4 Mintues", a música nova da Madonna com Justin Timberlake. Estamos ao vivo diretamente de Londres, com vocês, o Ícone Madonna... Madonna primeiramente parabéns pela sua inclusão no Rock and Roll Hall of Fame.
M: Obrigada...

Adorei seu discurso. Justin Timberlake te apresentou e agora ele está no seu disco. Como surgiu essa parceria para essa nova música?
M: Eu gosto das músicas dele então peguei a lista telefônica e resolvi ligar perguntando se ele gostaria de escrever uma música para mim.

Como isso aconteceu? Você ligou pra ele ou ele te ligou ou vocês vinham tentando trabalhar juntos por algum tempo?
M: Eu liguei... quer dizer, acho estranho pois não lembro quem ligou pra quem primeiro. Eu acho que eu liguei pro empresário dele dizendo que gostaria de trabalhar com ele. Timbaland e Justin me ligaram depois por causa de outra coisa completamente diferente. Acho que era para que eu participasse de um especial. Eu disse que não estava interessada mas que gostaria de trabalhar com os dois fazendo música. Eu acho que foi assim que as coisas começaram...

O seu disco novo sai no final de April. Que tipo de expectativa você tem quando um disco está prestes a ser lançado? Você se preocupa em agradar seus fãs, conquistar novos fãs ou apenas agradar a você mesma?
M: (risos) Eu me preocupo com as três coisas. Eu não diria que me preocupo, mas penso a respeito dos três. Eu não perco horas pensando no que meus fãs vão achar do que estou fazendo, eu penso que em tudo que faço existe uma troca de energia com meus fãs e as coisas no final acabam dando certo. Eu sei que Justin e Timbaland têm um público diferente do meu então espero que as pessoas que gostam da música dos dois queiram escutar meu disco também.

Quem você acha que são seus fãs? São pessoas que te acompanham por anos ou apenas novos Madonna lovers?
M: Não faço a menor idéia. Eu sei que tenho fãs incondicionais que me acompanham pelas últimas duas décadas mas acho que consegui conquistar novos fãs no decorrer da minha carreira, ou pelo menos eu gosto de pensar dessa maneira...

Eu tenho te assistido aqui em Chicago em todas suas turnês...
M: Você se classificaria como um fã meu?

Oh, absolutamente! (voz gritando: todo mundo na área que é fã de Madonna, digam ALELUIA... pessoas gritam ao fundo)... Eu paguei o preço do cambista da última vez para conseguir um lugar bom na platéia e vi fãs de todas as idades te assistindo...
M: Você não precisava ter feito isso... Da próxima vez compre igressos para os piores assentos, faça um cartaz gigante dizendo que me ama pois eu sempre peço para as pessoas que trabalham comigo que peguem os fãs que estão sentados nos piores lugares e os tragam para frente do palco.

Nós chamamos isso de chantagem emocional aqui em Chicago...
M: Você pode me chantagear e poupar seu dinheiro.

Hey, você não está falando sério... Vamos ter shows repletos de pôsters e ninguém vai conseguir ver mais nada...
M: Existem pessoas assim em todos os lugares...

Madonna, qual a melhor e a pior parte de fazer uma turnê?
M: A melhor? Quando estou cantando o último minuto da última música (risos)

E você sabe que está prestes a relaxar...
M: E eu sei que alguém vai tirar minhas meias suadas no carro quando eu saio do palco. A pior? São os bastidores no meu camarim, tipo duas horas antes do show começar. Todos os shows são de noite e eu não gosto disso...

Por que?
M: Eu queria que os shows pudessem ser de dia. Entre 8 e 9 da noite eu gosto de estar em casa, tomando meu vinho e jantando. Eu prefiro me exercitar de dia. Bem que as pessoas podiam ir ver shows na parte da tarde.

Tipo uma Madonna matineé... Eu acho que você pode se dar ao luxo de fazer isso... Lembra de quando você era a polêmica, a causadora de problemas e causava controvérsias como "Papa Don't Preach"...
M: Papa don't preach? Isso não é polêmico... Eu vivia mostrando minha bunda por todos os lugares...

E hoje tem tanta gente fazendo a mesma coisa...
M: Eles mostram outras partes do corpo...Não vamos dar nomes aos bois...

"Ray Of Light", Madonna... agora vamos entrar em Londres...
M: Estou almoçando na minha cozinha neste exato momento...

Eu estava pra te perguntar. O que você está comendo? Você parece estar mastigando...
M: Estou comendo bife.

Ohhh eu pensei que você fosse vegetariana...
M: Por que?

Combina mais com seu tipo físico... Estou orgulhoso de você! Você está comendo bife!
M: Eu preciso de carne, preciso de carne vermelha.

Então, "Ray Of Light" fazia a linha alternativa, como você descreveria o "Hard Candy"? Pop, dance, alternativo ou um pouco de tudo?
M: Pop, funky, R&B, dançante, bom pra cacete...

(risos) Você pediu por isso... você pediu pela Madonna má e ela apareceu! Você não pode xingar nas rádios dos Estados Unidos, quer dizer, eu acho que você pode...
M: Eu acabei de xingar...

Com seu estilo de vida internacional as vezes esquecemos que você é uma garota do meio-oeste americano... você ainda acompanha jogos de basquete?
M: Não... mas como andam o "Chicago Bulls"?

Eles andam mal esse ano... não vamos falar sobre isso... eles estão bem ruins...
M: Eles costumavam ser incríveis!

Oh isso foi antes, quando você andava com... Dennis Rodman... Eu quero falar sobre os "M" em sua vida, Madonna: marriage, motherhood and music... (casamento, ser mãe e música) Como você consegue balancear os três?
M: Repita os M's de novo?

Casamento, ser mãe e música.
M: Como eu lido com os três? É um ato de balancear tudo... E eu sou muito coordenada...

Você parece ser muito organizada..
M: Eu sou super-organizada a tal ponto de irritar todos ao meu redor.

Você é do tipo que não gosta que te liguem em certos horários para que vocé possa trabalhar em paz?
M: Sim. As pessoas estão proibidas de me ligar entre 6:30 e 8:30 da noite...

Você é bem severa com atividades no período da noite...
M: Essa é a hora do jantar e também a hora de eu contar história de ninar para meus filhos. Mas depois das 8 e meia meu traficante de drogas particular chega aqui em casa... (risos)

(risos) Não pergunte nada para Madonna sobre narcóticos... Madonna, dinheiro te faz feliz?
M: Você esqueceu outro M: MONEY...

A Forbes diz que você vale 325 milhões...
M: Quanto?

325 milhões...
M: Estão falando merda... Não estão fazendo os cálculos corretos...

(risos) É mais ou menos que isso?
M: Não vou dizer...

Antes de você dormir você chega a pensar em quanto tem no banco?
M: A última coisa que penso quando vou me deitar é o quanto tenho no banco. Normalmente eu penso em uma celulite que nasceu na minha coxa, ou como farei pra me livrar dela ou se irei dormir o suficiente pra conseguir ter um bom dia quando acordar... Coisas estúpidas e triviais...

Eu acho que seu espelho tem um defeito pois eu estava no seu último show e meninas de 22 anos estavam falando: olhe pras coxas dela... A bunda dela é tão firme que ela pode quebrar nozes com ela...
M: Wow... sou uma quebra-nozes...

Como foi trabalhar com o Kanye West, Madonna?
M: Foi ótimo... A única coisa que tenho a reclamar sobre esses caras é que eles não gostam de anotar o que dizem e acho isso irritante.

Como assim?
M: Eles não fazem anotações e não lembram o que dizem e as coisas demoram uma eternidade pra ficar prontas.

Tipo letra de música?
M: Sim... Eu comprei caderninhos e canetas para todo mundo mas ninguém se interessou. (risos)

Você anota tudo?
M: Eu sempre faço anotações. Eu sou muito organizada, detalhista e metódica.

Você chegou na sobremesa?
M: Estou comendo um pedaço de bolo agora... isso ai acabar com minha reputação de pessoal saudável...

O que você está bebendo?
M: Courvoisier... estou brincando... estou bebendo água...

Você vai sair em turnê?
M: Existem boatos que eu vou fazer... estou pensando a respeito...

Vamos te perguntar sobre um cara de Chicago... Casemire, do Perculator... é verdade de que ele te influenciou no novo álbum?
M: Eu adoro essa música. Na verdade isso chegou a mim via Pharrell... Ele adorava essa música então "Spanish Lesson", uma das músicas do meu novo álbum é completamente inspirada por isso.

Madonna, no dia 14 de Junho temos um grande evento aqui na rádio, nossa festa de verão. O quanto temos que te pagar para você cantar músicas como "Holiday", "Like A Virgin" ou "Borderline", três das suas melhores músicas...
M: Não estou certa se um dia serei capaz de cantar "Like a Virgin" ou "Holiday" novamente. A não ser que alguém me pague 30 milhões de dólares ou algo assim... Tipo um milionário russo me pagando pra cantar "Holiday" no seu casamento com uma menina de 17 anos...

Uh...30 milhões? Eu tenho que pensar a respeito. Madonna muito obrigado por falar diretamente de Londres. A última vez que falamos foi há dez anos.
M: 10 anos, é muito tempo!

Você tem que falar com a gente todo ano.
M: Não seja um estranho... tchau!

Um beautiful stranger.